#8.06 Let Them Good Times Roll

Afonso Rodrigues visita-nos pela primeira vez para uma conversa em jeito de Dez anos é muito tempo, mas não-oficial e com foco num acontecimento muito concreto: o álbum de estreia dos Sean Riley & The Slowriders cumpre uma década de vida, e há uma reedição e uma digressão para o celebrar. «Farewell» é, aliás, aquilo a que todos nos referimos constantemente, mesmo quando parece que alguém que fala uma variante de galego se refere ao quarentão Pharrell. Outrossim, garantimos que o ser humano que se apresenta como Iron & Wine não é decapitado na primeira temporada de «Game Of Thrones». De resto, a estreia de Clarice Falcão em Portugal obriga-nos a mais uma subversão do contínuo espaciotemporal, ao passo que o trágico desígnio da vida nos obriga a mais um segmento in memoriam. Na rubrica 5 Cêntimos, o Fábio e a Mimi peneiram os lançamentos discográficos do difícil ano 1990, e o nosso convidado faz uma dobradinha, surpreendendo-nos com a escolha de cinco canções da sua própria banda. Por fim, a solo, sem o seu trio de Filipes, Sean Riley visita dois momentos especiais de «Farewell» e do mais recente «Sean Riley & The Slowriders» em Acústico Defusão.

  • Sean Riley & The Slowriders — Let Them Good Times Roll
  • Kevin Morby — Downtown’s Light
  • Iron & Wine — Call It Dreaming
  • Marilyn Manson — We Know Where You Fucking Live
  • St. Vincent — Los Ageless
  • Clarice Falcão — Clarice
  • Duquesa — Better Men
  • Rui Veloso — A Gente Vai Na Digressão
  • Bush — Inflatable
  • Depeche Mode — It’s No Good
  • Haim — Little Of Your Love
  • 21 Savage, Metro Boomin — No Heart
  • Benjamin Clementine — By The Ports Of Europe
  • Elvis Costello — I Want You
  • Traveling Wilburys — Handle With Care
  • Sean Riley & The Slowriders — Marble Arch (Acústico Defusão)
  • Sean Riley & The Slowriders — Dili (Acústico Defusão)