#8.07 Electric Domestique

Electric Man ajuda-nos a cumprir uma promessa com dois anos e uma semana: está de regresso e veio com todo o equipamento necessário, incluindo o nosso primeiro teremim, para uma paradoxal — e falaciosa, claro — actuação em Acústico Defusão. Tudo isto a propósito do seu recém-editado novo álbum, «Electric Domestique». Entremeando a conversa fiada da praxe, Tito Pires ajuda ainda o Fábio e a Catarina a polvilharem um possante alinhamento com algumas escolhas musicais mais vigorosas, porventura para sonorizar uma sexta-feira 13 de que, na verdade, ninguém se lembrou. Na rubrica 5 Cêntimos, os anfitriões opinam sobre álbuns do ano 2002.

  • Electric Man — Rebel Eyes
  • Clarice Falcão — Vinheta
  • The Parkinsons — Primitive
  • Zola Jesus — Wiseblood
  • Liv — Hurts To Liv
  • Mão Morta — Em Directo (Para A Televisão)
  • CSS — CSS Suxxx
  • The Horrors — Something To Remember Me By
  • Oasis — Songbird
  • Julien Baker — Appointments
  • The Doors — The End
  • Arcade Fire — Creature Comfort
  • Radiohead — Videotape
  • Monday — 30 Years
  • Linkin Park — Opening
  • Linkin Park — Pts.Of.Athrty
  • Soviet Soviet — Ecstasy
  • The Perennials — Breadcrumbs
  • Belle And Sebastian — We Were Beautiful
  • Electric Man — Electric Domestique (Acústico Defusão)
  • Electric Man — Mother (Acústico Defusão)