#8.26 Johnny Bravo

Quando se confraterniza com Guilherme Tomé Ribeiro, o tempo a passar torna-se algo secundário. Não obstante, enquanto o tempo passa (e passa e passa), avia-se tudo o que há para aviar: o nosso convidado põe-nos a par da evolução da sua esquizofrenia musical desde que nos visitou no início de 2016 com os Salto; destaca os nomes mais interessantes da edição do Lisboa Dance Festival que decorre entre hoje e amanhã no Hub Criativo do Beato, onde actuará como GPU Panic (spoiler: são todos); auxilia-nos no balanço do último fim-de-semana, do Red Bull Music Culture Clash aos Oscars, passando, claro, pela final do Festival da Canção; e protagoniza as mais extensas apresentações de música da história deste podcast. O Fábio e a Mimi partilham as suas escolhas de canções do ano 1993 na rubrica 5 Cêntimos, e há ainda tempo para uma aparição-surpresa do convidado da próxima semana…

  • GPU Panic — Tanger
  • Salto — Queimo As Mãos Pelo Futuro
  • Cayucas — High School Lover
  • Julien Baker, Manchester Orchestra — Bad Things To Such Good People
  • Catarina Miranda — Para Sorrir Eu Não Preciso De Nada (Festival Da Canção)
  • Arthur Russell — That’s Us / Wild Combination
  • Everything Is Recorded, Sampha — Close But Not Quite
  • Taylor Swift — Delicate
  • Pearl Jam — Daughter
  • Janet Jackson — That’s The Way Love Goes
  • The Beatles — Blue Jay Way
  • DJ Jazzy Jeff & The Fresh Prince — Boom! Shake The Room
  • Nils Frahm — My Friend The Forest
  • Emerson, Lake & Palmer — From The Beginning
  • The Regrettes — A Living Human Girl (Acoustic)
  • Moullinex, UhAhUh — Painting By Numbers